Como começar a empreender em 2021 - Sennda Software

Agendar certificado digital

Blog

Como começar a empreender em 2021


empreender

08dez2020


Fim de ano sempre marca o fim de um ciclo e início de outro. Para algumas pessoas seus empregos e suas carreiras tiveram uma reviravolta em 2020.

Mas para alguns a esperança é recomeçar uma nova jornada e empreender em 2021.

Se você está perdido e não sabe por onde começar, separamos algumas dicas importantes aqui para te ajudar nessa nova jornada.

 

1 – Tenha um objetivo específico

Você quer empreender, tudo bem, esse é o primeiro passo, mas afinal, em que área? Qual o tipo do negócio? O que te chama atenção no empreendedorismo?

É muito importante ter um objetivo muito bem definido em mente (o que não significa que você nunca mais vai poder mudar de ideia na vida), afinal, você só vai saber para onde se vai, se houver uma “linha de chegada”.

O mundo do empreendedorismo é enorme e muito diversificado, por isso, antes de investir seu tempo e dinheiro em um negócio, estude bem para ter clareza na sua decisão e um objetivo sólido para seguir.

 

2 – Estude o mercado

Após definir qual o seu objetivo, outro estudo importante é o de mercado.

Analisar se o que você deseja abrir tem consumo no lugar onde pretende se estabelecer, se o público que você imagina está interessado e frequenta aquele lugar, se a concorrência é muito forte naquela região.

Todas essas são informações valiosas que não podem ser negligenciadas na hora de começar seu negócio.

 

3 – Tenha em mente que estudar é uma necessidade com beber água para quem deseja empreender

Estudar mercado, marca, produto, preço, público, marketing… São algumas das coisas que o empreendedor precisa estar sempre atento para entender como as mudanças do mercado podem afetar seu negócio.

Lembre-se sempre que no início de 2020, muitos empresários já se consideravam estáveis e com a empresa bem estabelecida, e de repente, tudo mudou.

Estudar sempre vai te deixar a frente da concorrência, por entender a tendência de mercado mais atual.

Além disso tudo, que é comum a todos, estude bastante sobre o que você pretende abrir.

Conheça seus produtos, quais as apresentações possíveis, quais as vantagens e desvantagens.

 

4 – Pense em investir em algo que você já saiba fazer

Se você já tem uma habilidade, mesmo que não seja relacionado com seu ultimo emprego, que tal analisar a possibilidade dessa habilidade se transformar em renda?

Muitas pessoas que cozinhavam por hobbie, uma hora perceberam que aquela poderia ser uma profissão, investiram nesse mercado e se deram bem.

Se você sabe vender, por exemplo, procure produtos que você se identifique e coloque sua criatividade em prática para que você tenha um diferencial dos seus concorrentes.

 

5 – Aprenda a vender a sua ideia

Seja para montar uma pequena padaria, ou uma loja de material de construção, saber vender sua ideia é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Afinal, pode até ser que você tenha todo o capital para começar o negócio, mas pode acontecer de em algum momento você precisar de investimento, e você vai precisar vender essa ideia para outra pessoa.

Seja banco, amigo ou investidor externo, saber os pontos fortes do seu negócio, os pontos fracos, e tudo o que destaca seu negócio da concorrência é muito importante para você ter na ponta da língua.

 

6 – Não pule etapas

Não saia “colocando o carro na frente dos bois”, entenda que todas as etapas são importantes e necessárias.

Inclusive as burocráticas, que podem facilitar a sua vida caso sejam levadas de forma correta, ou te trazer grandes problemas, caso isso seja feito de forma errada.

Trabalhe como se sua empresa fosse grande, desde o primeiro dia.

Entenda que a sua empresa não é sua vida privada, e separe as coisas da empresa das suas coisas pessoais.

Dê primeiros passos de maneira correta, e garanta que o alicerce da sua empresa seja estabelecido com clareza para que no futuro não seja preciso novas adaptações devido a velhos erros.

 

7 – Acredite em si mesmo

Agora que toda a parte técnica já foi identificada e resolvida, é hora de colocar a mão na massa.

Nessa hora a dúvida e insegurança podem bater, e você vai precisar começar a exercitar algo que todo o empreendedor encara todos os dias: o medo de falhar.

Mas se você está começando da maneira correta, com estudo e dedicação, a única coisa que vai depender de você mesmo é acreditar.

Acredite nos seus sonhos, em oportunidades novas, não tenha medo de tentar algo novo, entenda que seu sonho pode ser a solução que alguém estava procurando.