Dicas para manter o estoque do seu negócio em ordem - Sennda Software

Blog

Dicas para manter o estoque do seu negócio em ordem


22fev2019


Muitos varejistas e atacadistas tem dificuldade para controlar seu estoque, mesmo atualmente, onde já são conhecidas muitas técnicas diferentes que auxiliam nessa tarefa. Nesses tempos de crise econômica do país, o varejista deve estar atento a qualquer tipo de gasto e muitos não se dão conta de que perdem dinheiro simplesmente por não saber controlar seu estoque de forma eficiente.

Seja qual for o produto que você comercializa, controlar o estoque é de extrema importância para evitar desperdícios e conter aquele dinheiro que está “indo pelo ralo”.

Confira abaixo 6 dicas que separamos para ajudar a ter um controle de estoque mais eficiente:

 

1) Defina o melhor método para controle de acordo com seu produto

Existem diferentes métodos para se controlar o estoque.

Uma delas é o método PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai), que consiste em trabalhar numa ordem cronológica, fazendo com que os itens que estão a mais tempo estocados, tenham prioridade para sair.

Uma outra técnica, que também é utilizada é a UEPS (Último que Entra, Primeiro que Sai) – onde o preço do último lote que entrou no estoque. Seja qual for o método, é evidente que você precisa levar em conta o tipo de produto que se trabalha. Logo, pesquise e estude qual o melhor método para se adotar para sua empresa, para não alongar muito, recomendamos ler um artigo do E-Gestor sobre esses métodos: Clique aqui para ler.

 

2) Faça o Inventário (contagem)

Parece óbvio, mas quando se fala em controle de estoque, você precisa ter os números corretos em suas mãos para tomar decisões, principalmente as decisões de compra. Contabilize seu estoque de tempos em tempos. Organize um dia específico apenas para esse fim caso desconfie de erros em seu inventário. Outra dica é organizar contagens parciais com seus vendedores, onde cada um fica responsável por um setor diferente, caso seja o caso de seu negócio.

As informações corretas de estoque são fundamentais para geração de vários relatórios que podem ser decisivos para suas compras e vendas. Saber o que está parado no estoque ajuda a organizar promoções e saber o que vende muito auxilia a evitar a falta daquele produto em sua prateleira e estoque.

 

3) Faça o planejamento do que será reposto no estoque

Quais produtos comprar para reabastecer o estoque? Para responder essa pergunta você não pode considerar apenas o volume atual de itens para fazer a reposição, mas também avaliar o histórico de movimentações. Nesta tarefa, é preciso levar em conta alguns critérios, como a sazonalidade, por exemplo. Quando um produto é “sazonal”, significa que pode ter uma grande retirada em determinados períodos e, em outros, simplesmente não ser necessário.

Esteja sempre atento, além dos relatórios de movimentação, à sazonalidade de seus produtos. Em muitos negócios existe a questão da época em que um determinado produto faz maior sucesso em relação à outros. Fique antenado ao que acontece na cultura da região em relação aos seus produtos e negócios e busque se planejar para estar um passo à frente da concorrência.

 

4) Faça descontos para vender produtos parados no estoque

É comum em todo tipo de negócio ter produtos parados no estoque. Esses produtos podem ter ficado parados na prateleira por diversos motivos: o produto pode não ser muito bom, ou foi mal exposto, ou a concorrência daquele produto investiu mais em marketing, entre vários outros motivos. O fato é que produto parado no estoque é prejudicial por dois motivos: dinheiro parado, que não gira para seu negócio, e falta de espaço, onde você poderia investir em produtos com maior rodagem.

O mais recomendado para esses produtos parados é organizar uma liquidação, de forma que você recupere o valor investido nesses produtos e recupere o espaço para armazenar produtos que tenham uma rodagem maior.

 

5) Dê atenção à negociação

Procure negociar com seus fornecedores e dê preferência para aqueles que oferecem uma melhor logística dos produtos, que entregam sempre com pontualidade e tenham sempre os produtos à disposição para seu pedido.

Da mesma forma que você, seus fornecedores também preferem manter um ritmo de compras constante, logo, você pode negociar melhores condições de compras e/ou pagamentos. Logo, procure conhecer e conversar com seus fornecedores em busca de condições que sejam boas tanto pra você quanto pra ele.

 

6) Utilize um sistema para controle e geração dos relatórios

Ter um software de gestão hoje em dia é tarefa praticamente obrigatória para quem quer manter o controle eficiente de seu estoque. Além da facilidade para manter o inventário sempre em dia, o software gera os relatórios necessário para auxiliar nas tomadas de decisões de compra, que impacta diretamente no estoque, precificação dos produtos e identificação de questões que podem ser otimizadas dentro de seu negócio.

 

A Sennda Software tem o sistema ideal para que você tenha um controle de estoque eficiente em seu negócio! Entre em contato conosco e solicite um orçamento!