Fidelização do cliente - Bares e restaurantes - Sennda Software

Agendar certificado digital

Blog

Fidelização do cliente – Bares e restaurantes


fidelização do cliente

26out2020


A fidelização do cliente, já foi um assunto por aqui em outro momento, mas hoje, vamos falar especificamente de como isso pode ser trabalhado em bares e restaurantes.

O “novo normal” é um assunto frequentemente discutido, seja em meios digitais ou presenciais.

Apesar de ainda não termos voltado completamente à realidade das nossas vidas devido a pandemia, já é tempo de repensar hábitos que tínhamos antes e que vamos remodelar a partir de agora.

Para muitos, esse “novo” representa uma completa digitalização dos seus meios de vida, de trabalho, consumo e laser.

Para outros, esse é um desafio a ser enfrentado para tornar a rotina presencial cada vez mais atrativa, com segurança e garantindo que mais pessoas voltem ao “normal”.

 

Fidelização do cliente é um desafio de todo empreendedor

Não é apenas bares e restaurantes que possuem esse desafio, qualquer empreendedor, grande ou pequeno, enfrentam o mesmo obstáculo.

A concorrência é constantemente modificada, transformando o mercado em cada vez mais desafiador. E isso exige criatividade e planejamento constante para se manter competitivo.

 

Não se trata mais apenas de um menu diferenciado

Os bares e restaurantes tem um desafio a mais a partir de agora, além de se mostrarem locais que oferecem segurança e conforto para os clientes.

Ainda é preciso estar presente na mente das pessoas, e para muitos, ter um menu diferenciado, ou uma oferta grande variedade de pratos e bebidas não será mais o suficiente.

Diante da tamanha diversidade de opções que as pessoas encontram agora através de apps de delivery e outras opções, isso não é mais suficiente para fidelizar os clientes.

Tendo isso em mente, que tal começar a repensar a forma com que os pratos atuais são servidos e apresentados para o seu cliente?

A percepção de uma refeição começa pela apresentação, e esse pode ser o começo para o seu destaque no mercado. Cores, sabores e texturas podem ser repensados para atraírem os olhares para seus pratos mais vendidos.

Lembre-se que uma ótima estratégia de marketing é transformar seus clientes em propagadores do seu negócio, e pratos que são bem apresentados podem render fotos e divulgação gratuita nas redes sociais.

 

Foque na experiência

Ainda que pareça uma conversa para grandes empresas, focar na experiência do cliente, seja online, mas principalmente presencialmente vai fazer a diferença na hora de chamar atenção para o seu negócio.

É preciso entender que para sair de casa, agora, é preciso bastante disposição, e apenas um prato em si pode não ser mais suficiente.

Ter um ambiente, uma forma de servir diferenciada, um atendimento de qualidade vai fazer a diferença para qualquer estabelecimento.

A experiência está ligada ao valor que o cliente dá as coisas.

 

Olhe para o seu estabelecimento

Para oferecer uma experiência de qualidade você precisa oferecer um ambiente atrativo.

Talvez esse seja um momento interessante para, se possível, remodelar a apresentação da sua empresa, com nova identidade e linguagem mais atrativa.

Foque na autenticidade e veja o que você pode fazer que outras empresas ainda não estão oferecendo.

E também olhe sempre para o que a concorrência está fazendo que pode ser melhorado na sua empresa.

Que tipo de cliente seu negócio quer atrair? Pense nele e veja que tipo de experiência ele deseja ter para sair de casa e ir até o seu bar ou restaurante.

Se seu negócio pode aproveitar alguma vista por perto, que tal valorizar isso? Qualquer vista pode ser bem trabalhada.

 

Não esqueça de mostrar as qualidades do seu negócio para as pessoas

Não esqueça de destacar sempre as qualidades do seu negócio para as pessoas, as redes sociais estão aí para isso.

Mostre suas apresentações de pratos ou drinks exclusivos para que as pessoas tenham o desejo de ter aquela imagem nas redes pessoais delas.

Torne essa experiência algo a ser compartilhado com a intenção de destaque no meio social.

Repensar esse tipo de estratégia não é coisa do futuro.