Primeiros passos para montar um açougue pequeno - Sennda Software

Agendar certificado digital

Blog

Primeiros passos para montar um açougue pequeno


montar pequeno açougue

12abr2021


Como já falamos anteriormente nesse artigo, o Brasil é um dos maiores produtores e consumidores de carne do mundo, e se você está pensando em em montar um açougue para aproveitar esse consumo, segue algumas dicas de como montar um açougue pequeno.

Antes de investir seu dinheiro, estude o negócio

Não é apenas saber os cortes da carne, ter acesso aos fornecedores, que faz com que um açougue tenha sucesso.

É preciso, antes de começar, ter um bom plano de negócios para saber qual o investimento necessário para começar seu negócio

Isso serve tanto para pessoas que vão começar o negócio com dinheiro próprio, como para aquelas que precisam de um empréstimo no banco.

 

Conheça o lugar que está montando seu açougue e o público que está naquela região

Conhecer a renda, seus hábitos e estilo de vida dos moradores da região que você vai abrir sei negócio é um ponto importante para saber qual tipo de investimento será necessário.

Além disso, essa informação ajuda a saber sobre a viabilidade do seu negócio, e como você atenderia a demanda daquela região.

Um exemplo simples disso é que, em geral, pessoas com maior poder aquisitivo, tendem a comprar mais carnes do que pessoas com menor poder aquisitivo.

Em compensação, as primeiras, por terem gostos mais refinados, acabam optando por carnes mais finas, do que o segundo grupo.

Por isso, tenha em mente o público que você quer atender, e quais as exigências desse mercado.

 

Localização

Na hora de escolher um ponto de venda, é importante saber onde as pessoas tem mais acesso ao seu estabelecimento, e quais os hábitos de quem circula por aquela região.

Afinal, não adianta abrir um negócio em um lugar onde é difícil estacionar, ou que seu público passe por ele em dias de passeio, e não no dia a dia.

Mas de forma geral, procure por lugares de fácil acesso, que tenham uma boa circulação de pessoas, e que de preferência fique bem visível, para que elas sempre se lembrem do seu negócio.

 

Não abra mão da legalização

Começar um negócio pequeno, muita das vezes, acaba estimulando a ilegalidade, e isso não é interessante do ponto de vista do negócio.

Afinal, todo empreendedor que deseja ter sucesso, não pretende começar um negócio pequeno e ficar com ele assim para sempre, correto?

Por isso, é melhor que as bases do seu negócio estejam bem estabelecidas, e com isso, você esteja pronto para novas oportunidades no futuro.

 

Documentação básica

Alguns documentos podem variar de região para região, mas em geral, os documentos básicos para montar um açougue são:

  • Criação de CNPJ junto à Receita Federal;
  • Registro na Junta Comercial;
  • Registro na Secretaria da Estadual da Fazenda;
  • Alvará de funcionamento junto à Prefeitura do Município;
  • Alvará da vigilância sanitária;
  • Vistoria do Corpo de Bombeiros Militar;
  • Inscrição no sindicato patronal;
  • Registro junto à Caixa Econômica Federal.

Na dúvida, um contador pode te ajudar e facilitar sua vida com essa parte burocrática.

 

Atenção à vigilância sanitária

Quando se trata de um estabelecimento que comercializa alimentos, alguns pontos são fundamentais para que a saúde dos seus consumidores seja preservada.

E a Vigilância Sanitária costuma ficar atenta a alguns pontos específicos do seu negócio como:

  • Qualidade e data de validade dos produtos;
  • Manipulação e preparo;
  • Condições de higiene do local;
  • Uniformes dos funcionários;
  • Asseio dos espaços reservados para o corte de carnes;
  • Estoque de alimentos.

 

Esses pontos impactam diretamente a gestão do açougue, por isso, esteja sempre atento à qualidade dos seus produtos e como anda seu estoque, para que você não perca dinheiro, nem tenha problemas com esse órgão do governo.

Uma dica interessante, é ter um sistema que te ajude a gerir seu estoque e saber quais produtos estão parados e quais tem maior demanda.

Assim, você consegue saber o que comprar para que seus produtos não fiquem parados no estoque e acabem vencendo sem você saber, trazendo prejuízos financeiros para o seu negócio.

Mantenha seu estabelecimento sempre limpo,  e com as melhores práticas de higiene, assim você não terá problemas com a fiscalização.

Lembrando que essas normas costumam ter atualização frequente, por isso, é bom manter-se atualizado e garantir, diariamente, que as condições necessárias estejam sendo cumpridas, para não tomar multas e nem colocar a saúde dos consumidores em risco.

 

Esses são os primeiros pontos a serem tratados antes de montar seu açougue.

Esperamos ter ajudado!